Gratidão

Gratidão

sábado, 26 de janeiro de 2013

Da inutilidade à utilidade.

Certamente você já viu a alegria das crianças quando chega o dia de ser ajudante da professora. Elas fazem uma grande festa! Chegam da aula contanto a boa nova com alegria dizendo que foi ajudante da professora.

A grande verdade é que é muito bom ser útil, e ao contrário, é muito frustrante não ser uma pessoa útil, principalmente naquilo que nós sabemos fazer. O jogador de futebol, por exemplo,  não gosta de ficar na reserva e nós não gostamos de ficar esquecidos e inutilizados. Por vezes, pude conversar com pessoas idosas e muitas delas disseram que a maior tristeza do presente momento, é que elas não são mais úteis como eram.

A inutilidade acontece porque a sociedade provoca isto. Em alguns momentos, intencionalmente, transforma pessoas úteis em inúteis. Em outros momentos, isto ocorre involuntariamente. Acontece também quando o próprio indivíduo acredita que não é mais capaz. Mas o fato é que há muitos se sentindo inúteis.

A Bíblia mostra exemplos de pessoas que viveram esta transição da utilidade para inutilidade e quando inúteis voltaram à utilidade. Um destes exemplos é José. Este era um jovem bastante útil para sua família, mas sua trajetória foi mudada e este jovem foi parar na prisão e ali por muito tempo esquecido. Embora fosse útil na prisão, não era aquilo que um jovem de fato desejava, por isso era inútil na aspiração de vida naquele período. Mas de modo incrível, José volta a ser útil, conforma sua capacidade, e após os trinta anos, passou a ser o vice-governador do Egito.

Outro exemplo é Elias. Este era útil, mas em um determinado momento de sua vida, disse que queria morrer, pois não se sentia mais útil. A história mostra que após este momento de inutilidade, Elias retoma seu trabalho e volta ser um homem extremamente útil.

O último exemplo que cito é o de Onésimo. A história diz que este era um servo inútil, mas que passou a ser útil.

De alguma forma, a utilidade passou a fazer parte na vida destas pessoas acima citadas, após uma aproximação divina. José em intimidade com Deus interpretou sonhos e foi designado líder do Egito, Elias ouviu a voz de Deus e retomou seus trabalhos e Onésimo ouviu falar de Cristo Jesus e voltou para ser útil às pessoas e a si mesmo.


Isto acontece ainda hoje. Sempre que nos aproximamos de Deus, nos tornamos úteis. Sei que você gosta de se sentir e de ser útil, por isso lembre-se: não importa o que dizem de você ou a sua idade, a sua capacidade, a sua escolaridade, a sua desenvoltura... Você precisa apenas ter vontade de ser útil, aproximar-se de Deus e Ele te fará útil.


Juliano Costa de Souza

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Banda Muralha de Neemias


Domingo, 13 de Janeiro de 2013 - Bonsucesso Igreja Presbiteriana na cidade de Leme SP