Gratidão

Gratidão

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Cinco erros que os pais cometem na criação dos filhos.


Primeiro: a ideia de que seus filhos pertencem a você.
Isto é grave, pois é o mesmo que dizer que o filho é um objeto de sua propriedade. Mas este erro é sempre cometido, pois se acredita que assim, os filhos estarão protegidos.

Segundo: elogiar o que é errado.
Não se podemos compactuar com o erro deles, agindo assim, os pais estão provando que amam os filhos. Tem muitos pais achando bonitinho, erros que os filhos cometem. Erro parece algo simples e inocente vai ao logo dos anos formando um caráter duvidoso na criança.

Terceiro: não cumprir com a palavra.
Quando os pais falam ou prometem, precisam cumprir. Existem muitas promessas de privação por conta de algo errado que a criança fez que nunca é cumprida. Como por exemplo: - “amanhã você não assistirá televisão” e no dia seguinte assenta com o filho para assistirem juntos.

Quarto: mentir.
Mesmo que sejam pequenas mentirinhas, isto é muito ruim para os filhos. Uma mentira que parece simples e libertadora pode ser destruidora de caráter. Por exemplo: quando alguém não quer falar com uma determinada pessoa no telefone logo vem a solução: - “diga que eu não estou”. Com certeza, o filho num futuro próximo não terá dificuldade em mentir para os pais.

Quinto: achar que a herança física e bens materiais é a melhor herança que deixará a eles.
Não é isto, a melhor de todas as heranças é o legado de uma vida exemplar e honesta. Pessoas trapaceiras que pensam apenas em si mesmas, o mundo já está repleto, não precisamos deixar herança assim a eles.

By Juliano Costa de Souza

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Culto do amigo


quarta-feira, 20 de junho de 2012

Ser como criança, que tal?



“Em verdade vos digo: Quem não receber o reino de Deus como uma criança de maneira alguma entrará nele”. Lucas 18.17